Resenha: Stardust, O Mistério da Estrela - Neil Gaiman



Tristran é um rapaz que deseja realizar o Desejo de seu Coração. Seu Desejo? Casar-se com a linda e desejada Victoria Forester, uma dama de seu povoado que é tão disputada por seus pretendentes quanto a última gota d’água no deserto.

O que você faria por amor? O que você prometeria à pessoa que ama se ela lhe oferecesse seu amor em troca? Tristran prometeu buscar uma estrela cadente. Victoria Forester prometeu lhe dar como recompensa seu amor.

Mas o que aconteceria... O que você faria... Se se apaixonasse pela estrela cadente?

Junte-se a Tristran em sua busca pela estrela cadente, além da Muralha que separa o mundo humano do mundo fantástico. Cercado de bruxas e herdeiros que lutam pelo trono entre si, embarque na aventura que é se apaixonar!



 Stardust, O Mistério da Estrela é um livro pequeno de proporções não muito espantosas. Perto de Coraline (outra obra de Neil Gaiman) o livro é quase malfeito.

O filme, admito, é bem mais legal que o livro. Se você for encarar esse livro como um livro de aventura (ou romance) contemporâneo, vai achar extremamente entediante, quase chato demais pra ler inteiro. Agora, se você considerar a história a um conto de fadas... Aí sim faremos progresso.

Stardust, O Mistério da Estrela é, com toda certeza, um livro que tem que ser visto como um conto de fadas: um conto de fadas para adultos que não veem graça em Cinderela ou Branca e Neve.

É um livro escrito à moda antiga: sem muito humor e que vai direto ao ponto.

Tristran é um rapaz quase sem graça, obcecado por uma garota que é desejo de todos os rapazes: Victoria. Eles estão juntos quando veem uma estrela cadente.

Tristran alega que seu amor por Victoria é tão puro e sincero que, por ela, ele resgataria a estrela caída e lhe daria de presente. Victoria aceita, afinal de contas, ela não imagina que Tristran vá conseguir.

A partir de então, as coisas se agitam de verdade: a estrela cai para além da Muralha, que é um muro que separa o muro humano do mundo fantástico, e Tristran é obrigado entrar para encontra-la. Mas o jovem apaixonado não é o único atrás da estrela: três cruéis bruxas desejam apanha-la e devorar seu coração (porque a estrela cadente, afinal, é uma moça loira que torceu o tornozelo ao cair do céu). Quando as bruxas devoram o coração de uma estrela, recuperam sua juventude e sua vitalidade.
Quanto à estrela, vou falar que é a personagem mais original do livro: é pequena e debilitada pelo tornozelo machucado, mas isso não impede que ela seja ranzinza e irônica, uma garota que supostamente teria que ser doce e subsmissa. É por sua personalidade qu Tristran se encanta.

Como é uma história curta, não há muito mais que eu possa dizer sem contar o desfecho da história, mas, para resumir: se procura um conto de fadas maduro, lindo e diferente, Stardust é a primeira e a melhor opção!

12 comentários:

  1. Noossa! Nostalgia agora. Esse filme passou no tempo que eu comprava a revista Recreio hsuahahhaua noossa. Não sei se leria o livro, mas eu amei demais o filme :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://devoradoresde-livros.blogspot.com

      Excluir
    2. O filme é mesmo excelente! Também adoro

      Excluir
  2. Bem legal,não conhecia o livro nem o filme,em que mundo vivo,mas enfim me interessei e vou procurar os dois,principalmente o filme,porque você falou que é mais legal !!

    bjsss

    Bianca

    ApaixonadasporLivros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vai se arrepender! Ambos valem muito a pena. Espero que você goste!
      bjss

      Excluir
  3. Olha até então só tinha visto o filme, mas eu não sabia que tinha livro até descobrir no Skoob.
    Eu simplesmente adorei o que vc falou do livro
    Pode ter certeza que logo pegarei ele para ler, assim que terminar a minha grande quantidade de livros hahahaha

    E outra coisa, adorei o seu blog e seu Layout...Lindo...tá de parabens viu ?! Pode contar comigo sempre aqui no seu cantinho, porque comentários não vào faltar.
    Se cuida e fica com Deus

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo leitor tem pelo menos três livros na fila, voce não é a única! rsrsrs Muito obrigada pelos elogios, e, em nome de todo o pessoal, agradeço que esteja seguindo!
      Beijos S2!

      Excluir
  4. Neil Gaiman é sempre fantástico, já leram Coraline e o último O Oceano no fim do caminho, são dois livros maravilhosos do autor. Vale muito a pena ler qualquer coisa do Gaiman.
    Seguindo o blog.
    Abraços
    Melissa
    De Coisas por Aí

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, Coraline é meu predileto, Neil Gaiman é demais! Obrigada por seguir o blog, Melissa.
      Bjss!!!

      Excluir
  5. O livro é infinitamente melhor do que o filme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você achou? Eu gostei mais do filme porque é mais descontraído que o livro, mas adorei esse 'conto de fadas para adultos' que Gaiman escreveu :)

      Excluir
  6. Ai já assisti o filme, adoreeeei, passava na sessão da tarde quase toda tarde né KKKKKKKKKK
    Amei sua resenha, fiquei muito curiosa para ler o livro, essa capa ta linda!!!!
    Beijin
    -Isa

    ResponderExcluir